Com seguidos dias quentes, feriados e os preparativos para o verão, cresce também o interesse por tratamentos estéticos e até cirurgias plásticas com recuperação e resultados rápidos. Numa clínica de Curitiba, a procura por procedimentos para ficar em cima para a temporada de sol, praia e piscina chega a crescer 25% a partir de novembro. Este ano, com o verão antecipado por vários dias de alta temperatura, novas opções de equipamentos e tratamentos e a estabilidade econômica, os profissionais da Clínica estimam que o movimento seja, inclusive, maior que no ano passado.

A maior parte das interessadas ainda é de mulheres, embora muitos tratamentos também possam ser feitos pelos homens. Um dos alvos de quem procura tratamentos rápidos às vésperas do verão é melhor o contorno corporal e reduzir a flacidez e a celulite. "Para esses casos, a mais procurada é a associação de diferentes métodos, como radiofrequência, ultrassom, carboxiterapia e massagem", afirma a fisioterapeuta dermato-funcional Larissa Carstens. Para as temidas estrias, a profissional afirma que também é indicada a carboxiterapia associada ao peeling de crystal e peeling de ácido retinóico. "Os resultados são excelentes. Para o verão, com sessões a cada 10 dias, em média, ja se tem uma boa melhora", avalia.

Segundo o cirurgião plástico, Carlos Preto Guimarães, ainda dá tempo também para a realização de cirurgias plásticas de contorno corporal para aproveitar os resultados já no verão. "Nesse caso, o procedimento cirúrgico pode ser associado aos tratamentos do spa para uma recuperação ainda melhor e mais rápida", explica o médico.

Cuidados com a pele – Mais exposta durante o verão, a pele pode ser preparada, com melhor controle da acne, fazendo limpeza de pele e peeling de crystal e associação de tratamentos clareadores. "A orientação é que para essa preparação ocorra antes que a pessoa comece a exposição solar, seguidos por cuidados como o uso do filtro solar e tratamentos de manutenção prescritos por um médico", orienta a dermatologista Vanessa Ottoboni.

De acordo com a dermatologista, também esta é uma época ainda indicada para sessões de depilação definitiva. Ela explica que, para o verão, ainda é possível uma redução na quantidade de pelos, o que refletirá em menos pelos encravados e menos dor de cabeça com os pelos indesejáveis. "Importante que a depilação definitiva seja levada a sério, sendo realizada somente por dermatologistas, que fazem as aplicações, com uma avaliação precisa de cada pele e tipo de pelo. Dessa forma, pode-se escolher as melhores e mais eficazes energias a serem empregadas para melhores resultados e maior segurança dos pacientes", ressalta a médica dermatologista.

in Parana Shop