Segundo o médico cirurgião plástico, titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e Membro da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia, Alberto Goldman, o número de pacientes que procuram a depilação a laser aumenta a cada dia no Brasil. E a busca por uma pele livre de pêlos não se restringe apenas às mulheres, segundo o médico os homens já representam mais de 20% desses pacientes.

"Com o desenvolvimento de novos equipamentos, o tratamento à laser tornou-se mais efectivo e seguro, e os custos mais acessíveis", afirma Goldman. Cada tipo de equipamento possui suas características e, conseqüentemente, apresenta resultados distintos. Esta moderna tecnologia médica em depilação representa a via mais segura, confortável, rápida e precisa no tratamento dos pêlos, tanto em homens, como em mulheres.

Como funciona

A depilação a laser elimina o pêlo porque a sua energia, em forma de luz, é atraída e captada pela melanina, pigmento presente na haste do fio e responsável pela sua coloração. Essa energia térmica destrói ou retarda a capacidade de o folículo produzir um novo fio. Os pêlos que não são eliminados na hora crescem lentamente, mais claros e finos. "Quanto mais escuro o pêlo, melhor ou resultado com o laser", explica o médico.

Segundo a Sociedade Brasileira de Laser, para obter um bom resultado são necessárias em média seis sessões. Isso porque, a cada aplicação, muitos dos folículos pilosos são destruídos, não produzindo mais pêlos, enquanto outros são danificados, permitindo que os fios voltem a nascer. A cada sessão adicional, os sobreviventes vão diminuindo e, depois de quatro a seis aplicações, restarão apenas alguns pêlos na área tratada.

Laser e luz pulsada

O especialista esclarece que há diferenças entre os métodos de depilação a laser e à luz pulsada intensa. O resultado e o princípio de destruição do pêlo são os mesmos, mas a operacão é diferente. A luz pulsada — diferentemente do laser - tem um comprimento de onda luminosa específico para reduzir o folículo de forma gradual. Por ser mais suave, pode ser usada em peles morenas, negras e asiáticas, em qualquer coloração de pêlo (loiro, castanho, ruivo ou preto) e no corpo todo. A grande desvantagem é que o tratamento com a luz pulsada é um pouco mais demorado: exige, em média, duas ou três sessões a mais do que o laser.

in Bonde