Segundo disse a dermatologista Lucia Mandel à revista brasileira Veja, a depilação a laser é a melhor alternativa para quem sofre de alergias à depilação com cera e lâmina. "Quem é alérgico à lâmina deve evitar o seu uso, pois só assim é possível controlar a alergia de pele. Cremes antialérgicos amenizam os sintomas, mas não são solução definitiva".

A dermatologista continua afirmando que "com a cera é a mesma coisa. Se a sua pele fica irritada ou os seus pêlos encravam após depilação com cera, esse método também deve ser evitado. Senão, cada vez mais surgirão feridas e manchas na perna ou em qualquer local que você depile".

Já a depilação a laser é uma solução definitiva, que elimina para sempre os problemas constantes com a foliculite que se segue à depilação com cera e com lâmina. Eliminando para sempre o pêlo, coloca um ponto final nas alergias e nas manchas de pele provocadas por outros métodos de depilação.