As varizes são reclamação constante de muitas mulheres, mas atingem também os homens. Entre as reclamações dos que sofrem com o problema estão inchaço e dores nas pernas, além do aspecto que é um duro golpe na vaidade e na autoestima.

"Varizes, na maioria das vezes, é uma condição de origem hereditária, familiar. É a dilatação e a tortuosidade da parede do vaso. E você pode tratar porque você vai ter menos, se você não tratar, você vai ter mais, a condição é essa. E o ideal é que você trate desde o começo", explica a cirurgiã vascular Marize Muniz.

"O ideal é que você tenha um acompanhamento, uma vez por ano que seja, de um cirurgião vascular para que possa saber o que fazer para minimizar esse problema", indica a especialista.

Dicas

"Elevar as pernas, os pés da cama, principalmente. Você pode colocar uma altura de 10 centímetros, que é a altura mais ou menos de um tijolo deitado, de 11 centímetros, em cada pé da cama, e assim você vai estar facilitando o seu retorno venoso durante toda a noite", indica.

Mitos

"Na verdade é um mito, porque a musculação não dá varizes. Você tem uma tendência hereditária, familiar, para propensão a varizes. Aí quando você faz um exercício, com peso, compressão, você acaba fazendo uma dilatação daquelas veias que você na verdade já têm. Então o exercício é indicado, mas é indicada a caminhada, a parte aeróbica", disse.

in Globo

Muitos acreditam que depilação com cera quente e musculação contribuem no surgimento de varizes, mas a especialista garante que não há qualquer relação com o problema.
Entre as dicas da especialista para evitar o aparecimento de novas varizes e minimizar os problemas com as já existentes está diminuir o sal das refeições, já que ele contribui na retenção de líquido no organismo, uso de anticoncepcional indicado apenas por ginecologista, uso de meia elástica, que pode diminuir muito o problema, entre outras.